Você está aqui: Home Artigos Artigos O que contam os famosos que têm medo de avião

O que contam os famosos que têm medo de avião

Admitir que tem medo de avião não é uma situação confortável. Mas as tentativas de somar algumas horas de vôo rendem boas e duradouras histórias na vida de quem sofre de aerofobia.

Depois de fazer muitas viagens ao longo de sua carreira, o sanfoneiro Dominguinhos, de 63 anos, decidiu há 18 que não quer mais pisar num avião.

 

"Passei 30 anos viajando", afirma. Ele, que já chegou a fugir de um aeroporto durante um check-in, conta que certa vez entrou num avião com destino a Fortaleza, no Ceará, para apresentar um show e se deparou com um clima tenso. "Era um tal de criança chorando e gente brigando por causa de assento", diz ele, lembrando que o colocaram sentado no lugar dos comissários. "Eu fiquei assistindo a tudo aquilo e resolvi sair do avião", revela ele, dizendo que não fazia a menor questão de estar ali. "A sorte é que o querido Zé Ramalho me substituiu no show", conta, soltando uma longa gargalhada. Dominguinhos já recusou convite para se apresentar na Europa e nos Estados Unidos. "Se fosse possível eu iria de navio. Assim já viajaria cantando", diz.

O tema também não soa bem aos ouvidos de Zeca Pagodinho. "Voar é para passarinho", emenda. "Se tiver de viajar eu vou, mas nunca fico tranqüilo", diz ele, explicando que depois de ir para a África do Sul e os Estados Unidos nunca mais... "Agora só viagens domésticas", afirma, tenso só em falar no assunto.

Com um currículo que inclui três vôos de Concorde e até viagem para a Arábia, o arquiteto Oscar Niemeyer cortou o contato com aviões há muitos anos. "A idade tem de trazer privilégios", diz ele, aos 96 anos. "Sempre detestei avião e hoje pego o carro e vou bem devagarinho."

Admitindo que até gostava de turbulências, o roqueiro Roger, do grupo Ultraje a Rigor, tem pavor de avião e não viaja há 18 anos. Nesse intervalo de tempo, ele teve de aceitar um convite para a banda se apresentar nos Estados Unidos. "Joguei um cachê altíssimo e eles aceitaram", lamenta. Para encarar o vôo, ele chegou até a apelar para a hipnose. "Hoje prefiro fazer poucos e bons shows."

E já que sobram histórias de cantores, Belchior garante nunca ter sentido receio de voar. "Mas, se um dia eu tiver medo, vou segurar na mão da aeromoça", diz o bem-humorado autor de Medo de Avião.

 

Domingo, 22 de Agosto de 2004, 08:56 | Online

Busca

Fale Conosco

Você pode entrar contato conosco por diversas formas.

Veja três opções:

Cidades: Sao Paulo SP / Curitiba PR

Tel.: (11) 2339-9080 / (11) 94395.3608 Wats app

Skype: 
olimar.tesser

Email: olimar@tesser.com.br

 



 

 

Siga-nos

blog-curso-de-hipnose 1294273327_Facebook 1294273388_YouTube
1294273438_MySpace 1294273405_Orkut 1294273367_Twitter

Facebook.com/CursodeHipnose